sexta-feira, 12 de agosto de 2011

O AMOR PARECE COM O MAR

É uma onda que vai e vem e quando vem é alegria misturada com felicidade, desejo e prazer.
Que brincamos na espuma fazendo loucuras de prazer nada incomoda, misturado o sal com areia.
Mas quando ele parte sem disser nada simplesmente vai sem olhar para traz.
 Ai é ressaca.
Que se transforma em solidão, tristeza, desilusão deixa um gosto amargo posso até disser
que o coração fica com sentimento de ódio, porque me iludiu se sabia que iria partir.
Eu estou a navegar sem rumo numa grande ressaca porque brincaste com meu amor
Quando você vem me resgatar dessa ressaca?
Sinto que cada dia que passa estou  me afastando da beira do mar onde fazíamos loucuras.
Clamo, assim que me avistar venha o mais rápido possível não quero naufragar sei que no fundo você ainda sente algo por mim meu doce e amargo amor.
M.J LOREDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário