domingo, 14 de agosto de 2011

CAMINHO QUE VOU TENTAR TOMAR

 
Não sei se sou burra, otária, romântica ou sem noção.

Tomei um café acendi um cigarro andei pela internet e vi coisa que me fez refletir.

Por que estou deixando meu sentimento a cada dia partir um pedaço da minha vida.

Chorar por quem não esta nem ai por mim.

Enquanto ele sai se diverte, vai para o futebol, toma chop  com amigos e amigas ou até a fila já pode ter andou.

Mente para mim pela internet por que não tem coragem de falar olhando direto meus olhos.

Para! Para!Vou deleta essas músicas românticas que o faz lembra dele e que me coloca para baixo.

Melhor não, guarde para quando a sua fila andar, ai você vai curtir com prazer. 

Fica só com aquelas musicas que sacode o esqueleto e dançarei até me acabar.

Para que recordar  do amor passado não correspondido.

Quem vive do passado e museu.

Vou procurar fazer um grupo de amigos para sair para curtir a vida.

Digo chega vou me amar, mas não sei se vou ter recaída, por que mudança radical não é

simples assim, mais quando as lembranças dolorosas quiser  bater na minha porta não vou

abrir, vou ligar o som e dançar.

Eu acho que estou me refazendo.

Meu amigo J.L da Espanha já tinha me dado este conselho mais eu romântica...

Mais hoje depois que descobri certas coisas pela internet acordei.

Dei um grito “BASTA NÃO VOU VIVER DO PASSADO”.

Agora quando eu escrever coisas românticas e para o meu novo amor que esta para chegar,

sei que vai chegar com toda força e não vai ter mentiras porque já aprendi.

Se alguém tiver vivendo sofrendo por causa do amor não correspondido, amor do passado.

Grite  “BASTA NÃO VOU VIVER DO PASSADO NÃO SOU MUSEU”.

Beijos

M.J LOREDO   

Nenhum comentário:

Postar um comentário